Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ARESTAS

ARESTAS

Divulgação: Protesto à Geração Rasca dia 12 de março

 

 

Protesto da Geração À Rasca

12 de Março às 15 horas

Avenida da Liberdade – Lisboa e Praça da Batalha - Porto

 

«Este é um protesto apartidário, laico e pacífico, que pretende reforçar a democracia participativa no país, e em consonância com o espírito do Artigo 23º da Carta Universal dos Direitos Humanos:

1. Toda a pessoa tem direito ao trabalho, à livre escolha do trabalho, a condições equitativas e satisfatórias de trabalho e à protecção contra o desemprego.

2. Todos têm direito, sem discriminação alguma, a salário igual por trabalho igual.

3. Quem trabalha tem direito a uma remuneração equitativa e satisfatória, que lhe permita e à sua família uma existência conforme a dignidade humana, e completada, se possível, por todos os outros meios de protecção social.

(…)»

Para mais informações ver: http://www.facebook.com/event.php?eid=180447445325625

http://geracaoenrascada.wordpress.com/

Lembrar...

Uma carta de Ghassan Kanafani, escritor palestiniano.


Letter from Gaza by Ghassan Kanafani

Dear Mustafa,

I have now received your letter, in which you tell me that you've done everything necessary to enable me to stay with you in Sacramento. I've also received news that I have been accepted in the department of Civil Engineering in the University of California. I must thank you for everything, my friend. But it'll strike you as rather odd when I proclaim this news to you -- and make no doubt about it, I feel no hesitation at all, in fact I am pretty well positive that I have never seen things so clearly as I do now. No, my friend, I have changed my mind. I won't follow you to "the land where there is greenery, water and lovely faces" as you wrote. No, I'll stay here, and I won't ever leave....MAIS


Mais uma noite com a filosofia

Ideia do silêncio


Numa recolha de fábulas dos fins da Antiguidade lê-se este apólogo:

Os Atenienses tinham por hábito xicotear a rigor todo o candidato a filósofo, e, se ele suportasse pacientemente a flagelação, poderia então ser considerado filósofo. Um dia, um dos que se tinham submetido a esta prova exclamou, depois de ter suportado os golpes em silêncio: «Agora já sou digno de ser considerado filósofo!» Mas responderam-lhe, e com razão: «Tê-lo-ias sido, se tivesses ficado calado.»

A fábula ensina-nos que a filosofia tem certamente a ver com a experiência do silêncio, mas que o assumir dessa experiência não constitui de modo nenhum a identidade da filosofia.  Esta está exposta no silêncio, absolutamente sem identidade, suporta o sem nome sem encontrar nisto um nome para si própria. O silêncio não é a sua palavra secreta - pelo contrário, a sua palavra cala perfeitamente o próprio silêncio.

 

Giorgio Agamben, A ideia da Prosa, Lisboa, Cotovia, 1999, 111.

Um fim de semana semelhante

Longe do Imaginário, com trabalho, com apoio aos sóis, estudo e música e as tarefas aborremésticas...por vezes risos incontroláveis...um jantar  improvisado divertido...um fim de semana semelhante à vida.

Regressaram!

Pergunto-me...
Tudo parece ser feito para facilitar a vida. Temos todos os meios e os recursos para efectuar várias tarefas em simultâneo e mesmo assim parece que o tempo não sobra...será que aquilo que louvamos tanto e que supostamente facilita a nossa vida prática não corresponde à velocidade dos progressos impostos? Será que temos que ser assim tão rápidos? Podemos não estar nas filas para resolver assuntos administrativos, bancários, etc. Mesmo assim por que razão o tempo não sobra? Será que o nosso desempenho nunca possa corresponder àquela velocidade imposta? Será que nos tornámos preguiçosos?·Hoje...decidi que havia que haver tempo para o "passeio saudável"...Aquilo que chamei mentalmente o Passeio Higiénico...Este passeio saudável seria algo sem fim em si, mas apenas um passeio pelo passeio. Um saudável passeio a pé ao Domingo. A lentidão dos passos a passear...sem rumo e de súbito, os sóis - as minhas filhas que me conhecem, que sabem que não me "agito" sem razão, perguntaram-me onde vamos? Fazer o quê? -
Detestei-me por dentro por causa de ter pensando no Passeio Higiénico, apenas porque não queira inculcar aos meus sóis saltitantes um ritmo de leitura, de escrita, de coisas práticas e úteis todos os dias...dia após dia...porque apercebi-me, quando os sóis estavam em Paris, que podia passar dias inteiros fechada em casa a fazer as minhas coisas...
Que palavra mais atroz que Higiene de vida...Procuro que outra palavra poderia encontrar sem ser esta que necessariamente remete para os nossos tempos em que tudo deve ser asséptico...que palavra?
Os meus sóis regressaram com histórias a contar, com histórias escritas, com risos e novas brincadeiras...mas algo novo...algo que me comoveu profundamente...uma ternura extrema uma para com a outra mesmo na discórdia...depois da discórdia um beijo consolador, uma carícia, um desculpa...

É bom

É belo

 

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D