Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ARESTAS

ARESTAS

Divulgação: Feira do Livro Anarquista 25-27/04 em A Guarda

 

Para hoje não vai dar...mas amanhã o programa é aliciante:

 

Sábado, dia 26

As atividades do sábado começarão às 10h, no C.S. Fuscalho, com o café da manhã e, na sequência, a realização de um mural antiautoritário numa das paredes do Centro Social. Os assistentes disporão de algum tempo para (se quiserem) visitar pontos da cidade ou dar um passeio até às 13h, horário que começará a apresentação conjunta do fanzine “Beijos e Bombas”, da revista “A Boia” e do novo número da revista “Abordaxe”, a cargo de compas participantes nas correspondentes publicações. Às 14h será o jantar.

Depois do jantar transferiremos a Feira para a praça de S. Benito (próxima ao porto), onde montaremos a exposição de material antiautoritário, e por volta das 16h poderemos presenciar a apresentação da primeira edição própria da editora madrilenha Ochodoscuatro, “Por cima do seu cadáver, a economia política dos direitos animais”, tradução de “Making a Killing”, de Bob Torres, que relaciona a exploração animal com o capitalismo e analisa a luta pelos direitos dos animais.

Por volta das 18h assistiremos a uma “Performance”, a cargo de Trasnoitada Teatro, de Vigo. Por volta das 19h contaremos com a presença de compas da Biblioteca Anarquista A Maldita, de Burgos, que estiveram presentes no estalido social de Gamonal e tentarão clarificar-nos e relatar-nos parte do que ali aconteceu, com a palestra “Reflexões anárquicas em torno da revolta de Gamonal”.

Finalizada a palestra voltaremos ao C.S. Fuscalho para comer, e por volta das 22h começarão os concertos com “Bitxobola” (Cantautor punk de Fene), “Transxenéricas” (Punk feminista de Compostela), “Ded Routines” (Perrapérsico de o Baixo Minho) e mais surpresas interessantes.

 

Ler mais: AQUI

 

Divulgação: Hoje no Porto

PROGRAMA PARA O 25 DE ABRIL LIBERTÁRIO ( AIT-SP/SOV-Porto+outras pessoas e grupos libertários)                                                              

-10.00 h. “Trilha Histórica do 3 de Fevereiro de 1927” (primeira revolta popular e militar no Porto contra a ditadura fascista ) -Encontro na ENTRADA CENTRAL DA ESTAÇÃO DE SÃO BENTO

 

-11.30-12.00 h. Largo Soares dos Reis –frente à antiga e última sede da PIDE/DGS no Porto: ROMAGEM HISTÓRICA À MEMÓRIA dos antigos resistentes e presos libertários (e outros antifascistas)

 

-15.00 h. Concentração e banca de informação Libertária -frente à Câmara Municipal do Porto.

 

-17.30-18.00 h. Queima dos “Filhos da P…IDE e do fascismo” e“oração fúnebre” da atualidade…

 

-19.30 h. Pequena EXPOSIÇÃO DE IMPRENSA DE ESQUERDA DE ANTES E PÓS-25 DE ABRIL 74 ( na sede da associação TERRA VIVA!AES, Rua dos Caldeireiros, 213 -à Cordoaria- Porto )

 

Ainda vou à queima dos «Filhos da P...IDE»!

O ontem dos Rios do Carmo

O apelo foi lançado nas redes sociais.

 

Um blogue aglutinador foi criado: Rios do Carmo

Entre os vídeos de mobilização eis um:

 

Os caminhos foram traçados.

Os rios aconteceram.

Ao vivo: http://bambuser.com/v/4563277 e aqui também: http://bambuser.com/v/4563416

 

Se foi leviano com fantochada? O que me parece importante neste momento foi o poder de organização e mobilização.

 

 

Apertadinhos

 

 

 

Enquanto os resultados da «representatividade» se esbanjam nos media, mais de 300 militantes do movimento dos Indignados vindos de Ile-de-France, Toulouse, Bayonne, Marseille, Angers e Lille juntaram-se, no sábado, em Paris, para denunciar a «mascarada eleitoral».

Apelam para uma "démocratie réelle" e revelam o verdadeiro rosto da crise de legitimidade da democracia representativa.

Apelam para a organização local em assembleias populares para encontrar soluções no campo do ambiente, da saúde, da educação, da alimentação, etc..

Juntaram-se perto do centro Pompidou na Fontaine des Innocents para seguir para o Champ-de-Mars, onde pretendem permanecer até 12 de Maio organizando acções anticapitalistas e assembleias populares. 

Divulgação: ERGUER A VOZ com o tema RESISTÊNCIAS

 

Breve descrição:


"Erguer a Voz" é uma parceria entre as associações Terra Viva! e Sapato 43, no âmbito do projecto Amigos Maiores que o Pensamento da AJA-Norte (Associação José Afonso).

 

O projecto Erguer a voz irá desenvolver-se até Setembro de 2012 e será finalizado por uma exposição agendada para Dezembro 2012. A exposição consistirá numa montagem de todas as vozes e outros registos de cada uma das sessões temáticas que serão realizadas em vários locais da cidade do Porto.

 

Finalidade:


"Erguer a Voz" pretende dar voz às pessoas tendo em conta as actuais e prementes preocupações do quotidiano, aliando momentos de convívio solidário através da poesia e da música de intervenção.
A voz dos participantes será triplamente valorizada:

- Primeiro, no momento de partilha durante as sessões temáticas.

- Segundo, pela participação nas gravações.

- Terceiro, numa exposição sonora envolvendo outros registos, outros participantes e objectos. 

O objectivo de Erguer a voz é relembrar a importância das nossas vozes de onde emanam as nossas individualidades, os nossos desejos e sensibilidades e reafirmar o seu poder.  

 

Como participar na 1º sessão: «Resistências»

 

1- Enviar um e-mail para sapato43.ac@gmail.com para se inscrever* (até dia 13 às 12horas)

2- Escolher/escrever/trazer o(s) poema(s), o(s) texto(s) ou a(s) canção(ões) que irá partilhar.
Para dar uma ajuda e se inspirar,   pode descarregar AQUI um documento em formato pdf com exemplos de poemas/canções dentro desta temática

3- Opção especial para dia 13 de Abril: levar um objecto que esteja ligado ao tema "resistências", de modo a partilhar a história desse objecto ou para explicar de que forma ele se liga ao tema.

4- Antes de iniciar a sessão, preencher e assinar um formulário onde autoriza/não autoriza os diferentes tipos de registo (áudio e/ou fotográfico)

 

*IMPORTANTE!: A necessidade de confirmar a participação através da inscrição prende-se com a capacidade de acolhimento do espaço e ... dos litros de sangria a «compor»!

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D