Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ARESTAS

ARESTAS

Reflexões sobre as FEIAS (2)

Retomando o primeiro aspecto que concerne a forma de organização pela expressão «do   voto   pela   abstenção». Além da necessária reflexão, dando uma volta à expressão da palavra «abstenção» online com o google obtemos algo como 1.900.000 resultados em 0,21 segundos. Nada de muito esclarecedor, tirando a definição do vocábulo. Por outro lado, algum trabalho nesse sentido tem sido feito na PLATAFORMA ABSTENCIONISTA . Uma busca mais específica, ainda que geral, sobre a abstenção em Portugal, leva-nos a uma tabela sobre a evolução da abstenção(AQUI).


Por outro lado, uma breve visita ao site da CNE (Comissão Nacional de eleições) permitiu construir os quadros (no documento abaixo) retratando a expressão da abstenção, votos brancos e votos nulos desde 1975 para as eleições legislativas (A.R.); as eleições presidenciais; as eleições autárquicas a nível nacional e a nível do distrito do Porto (faltaria fazer o mesmo levantamento para todos os distritos para formar uma ideia mais esclarecedora sobre a evolução dos votos).



 

Em todos os quadros, ao longo dos anos, e em todo o tipo de eleições, é fácil verificarmos um aumento da abstenção. Contudo, seria interessante identificar algumas das reais causas da abstenção em Portugal, em função do tipo de eleição, do contexto político, do contexto social, isto porque podemos verificar a partir de 1991 uma maior abstenção nas eleições presidenciais em que o candidato eleito anteriormente é reeleito. Portanto, será de esperar que outros factores possam influenciar a abstenção. [deixo estas digressões para um texto mais longo para colocar no slideshare brevemente]


Em Portugal, de forma geral, podem ser enumeradas uma série de causas: desde as mais consistentes configuradas numa profunda descrença neste sistema democrático até à descrença na política partidária, nos seus representantes, mas também o cansaço, o desinteresse, as dúvidas e as indecisões até às razões mais pejorativas, estigmatizadas no esgar cristalizado do feroz defensor da democracia representativa, que não falham em pulular, do género: a malta foi passear, o povo foi para a praia, ou ainda, a malta está a ver televisão.


Tendo em conta que as próximas eleições, serão eleições autárquicas agendadas para 2013, coloco-me uma série de questões. Entre elas, estas duas:


De que forma organizar «o voto pela abstenção» em eleições autárquicas?


Como dar visibilidade ao mesmo?


Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D