Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ARESTAS

ARESTAS

Diário de uma activista na Palestina (3)


 

Estamos alojados no campo de refugiados Aida em Belém. Visitámos vários centros associados ao projecto do apelo internacional e a recepção tem sido muito acolhedora. A resistência é pacífica, diria mais do que pacífica, posto que nos foi especificado que nunca devemos tocar num soldado, mesmo que este nos brutalize, mesmo que este nos empurre, não devemos de nenhum modo reagir, nem nos debater ou defender. É o mundo do avesso! Numa situação de agressão, é normal o ser humano debater-se, defender-se mas, aqui, nem é possível, nem é aconselhado. Se por algum motivo um cidadão se defender de uma agressão corporal de um soldado israelita, esse cidadão irá enfrentar graves acusações.

 

As acções planeadas sofrem sempre uma reformulação, por vezes por questões de urgência, outras por razões de segurança. Os nossos anfitriões procuram sempre nos proteger e para dizer a verdade, os activistas internacionais sentem-se mais seguros na Palestina do que nas partes controladas por Israel. O efectivo do exército israelita é constituído por jovens soldados, quase imberbes, rostos de adolescentes, rostos de crianças e sinto uma grande tristeza ao contemplar estes rostos.

 

No dia 10, a sociedade civil palestiniana fez uma manifestação de solidariedade com os internacionais que foram detidos nos vários aeroportos. Foi um pequeno percurso, uma marcha solidária iniciada perto de uma igreja católica ortodoxa em Beit Sahour. A seguir visitámos o centro de juventude do campo de Aida. Vimos um pequeno vídeo informativo sobre o campo. Este é povoado por refugiados vindos de 27 localidades. Todos os habitantes que chegaram aqui em 1948, guardaram as chaves das casas das suas aldeias na esperança de regressar um dia.

 

Uma parte do muro foi construída junto do campo de refugiados e fomos manifestar-nos junto de um dos checkpoints. Batemos na porta em ferro com pedras e os soldados impávidos, com um sorriso de escárnio, olhavam para nós desde as torres.

 

Sentimo-nos muito pequenos. Formigas prestes a serem esmagadas. Contudo, os palestinianos, sempre sorridentes, enfrentam a fatalidade com um humor e uma coragem que nos tocam as entranhas.

GAP

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D