Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ARESTAS

ARESTAS

Identidade: tradução de Sou Árabe de M. Darwich

Hoje, depois da leitura do belíssimo texto de John Berger no Le monde Diplomatique de Fevereiro, intitulado: Un lieu qui pleure ( «Um lugar em pranto» Le monde Diplomatique Edição portuguesa), título evocando as palavras de um poeta curdo  Bejan Matur e texto convocando outro poeta, o palestiniano Mahmoud Darwich, autor de Identidade

 

 

Mahmoud Darwich : Regista : Sou Árabe - Nouvel Obs
Uma leitura do célebre poema de Mahmoud Darwich "Identidade", com subtítulos em francês colocado no Daily Motion  pelo internauta "La Pierre et la Plume"

fonte:Video de obsvideo">obsvideo

Aqui vai uma tradução do poema:

Regista !

Sou Árabe

O número do meu BI : cinquenta mil

Número de filhos: oito

E o nono... Nascerá depois do Verão!

Estás furioso!

Regista !

Sou árabe

Trabalho na pedreira com os meus companheiros de dores

Tenho oito filhos

O pão deles

As suas roupas, os seus cadernos

Saem das pedras...

Oh! Não, não vou pedir esmola à tua porta

Não me encolho à entrada do teu palácio

Estás furioso!

Regista !

Sou árabe

Sem apelido – Sou, o meu nome

«Infinitamente paciente» num país onde todos

Vivem nas brasas da Raiva

Minhas raízes...

Cresceram antes do nascimento do tempo

Antes da efusão da duração

O meu pai...é de uma família de lavradores

Não tem nada a ver com os Senhores

O meu avô era camponês – um ser

Sem valor – nem ascendência

A minha casa, uma cabana de guardião

Feita de troncos e de caniços

Eis o que sou – Agrada-te?

Sem apelido – Sou apenas o meu nome.

Regista !

Sou Árabe

Os meus cabelos…. São da cor do carvão

Os meus olhos… São da cor do café

Sinais específicos:

Tenho sobre a cabeça um kefiya com um cordão apertado

E a palma da minha mão é dura como a pedra

...arranha quem a aperta

A minha morada:

Sou de uma aldeia isolada...

Onde as ruas ficaram sem nome

Regista!

Sou Árabe

Estás furioso!

Regista

Que sou Árabe

Que roubaste as vinhas aos meus pais

E a terra que cultivávamos

Juntos, eu e os meus filhos

Tiraste-nos tudo, excepto,

Para a sobrevivência dos meus netos

Estas pedras que aqui estão

Mas, ao que parece o vosso governo também as vai levar

PORTANTO

Regista

No frontispício da Primeira Folha

Que não sinto ódio pelos homens

Que não ataco ninguém mas,

Que se tenho fome,

Eu como a carne do meu Usurpador

Cuidado! Cuidado! Cuidado

com meu furor !

( In Chronique de la tristesse ordinaire, suivi de Poèmes Palestiniens, Paris, Les éditions du Cerf, 1989.Tradução do francês Jorge Delmar e Ana da Palma)

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D