Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ARESTAS

ARESTAS

Cidades incertas (4)

PÉRINTIE em Ítalo Calvino, Le città invisibili (1972)

A sua criação foi determinada em função dos astros, para que possa reflectir a harmonia do firmamento. Foi habitada por vários povos. O viajante que visita a cidade só vê deficientes, anões, mulheres obesas com barba e das caves saem gritos guturais onde as famílias escondem as crianças monstruosas com seis pernas ou três cabeças. Os astrónomos que criaram a cidade encontram-se perante uma grande dificuldade, ora admitir que os cálculos estavam errados, ora a ordem divina reflecte-se na perfeição na cidade.

 

PERLA em Alfred Kubin,  Die andere Seite: Ein phantastischer Roman (1908)

Capital do reino sonhado na China. Cidade povoada de cerca de 20 000 habitantes abeira do rio Negro. As cores sombrias dominam a paisagem, nenhum astro brilha no céu, não há estações definidas. A arquitectura é semelhante à da Europa central. É o reino na neurastenia, povoado por maníaco-depressivos. Há uns anos que Perla se encontra cortada do mundo, ninguém de certo porquê, mas fala-se ora de uma calamidade, de epidemia de sono, de invasão de animais ou o mais provável de uma súbita doença dos olhos.

 

CIDADE DO PRÍNCIPE FELIZ em Oscar Wilde, The Happy Prince and Other Tales, 1888

Hoje, esta cidade pode ser conhecida com outro nome. Na praça central da cidade havia a estátua do príncipe feliz que foi retirada devido ao seu estado de degradação, pois uma andorinha andou a distribuir aos pobres os pedaços de folha de ouro que a cobria.

 

SABA ou MEROA em Sir John ou Jehan de Mandeville, Voiage de Sir John Maundevile, (1357). William Bullein,  A Dialogue Both Pleasant and Pitiful, wherein Is a Goodly Regimente agaisnt the Fever Pestilence, with a Consolation and Confort against Death, 1564

Cidade importante da Etiópia. Durante o Verão os frutos de algumas macieiras transformam-se em crianças. Aqui se encontra o túmulo do Rei Salomão.

 

SOL em Tommaso Campanella, La Cittá del Sole (1602-1623)

Cidade da ilha de Taprobana, dividida em 7 círculos concêntricos com o nome dos 7 planetas conhecidos no século XVI. A cidade é governada por um príncipe que também é preste assistido por três ministros: Pon, Sin e Mor (Poder, Sabedoria e Amor).

 

ZEMRUDE em Ítalo Calvino, Le città invisibili (1972)

A cidade toma a forma do humor de quem a contempla.

 

ZENOBIE em Ítalo Calvino, Le città invisibili (1972)

Cidade cosntruidas sobre estacas. Os seus habitantes não conseguem conceber cidades diferentes e só distinguem dois tipo de cidades: as que dão a sua forma ao desejo e as que são afectadas pelo desejo.

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2006
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2005
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2004
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D