Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ARESTAS

ARESTAS

Actualização da Horta da Lapa


 As curgetes ostentam um tamanho bastante razoável!  

Eis, uma flor com «chuchu a pingar» e o  

primeiro Pepino!

 

Do outro lado, um entre muitos maracujás...

 

 

                                                                                   Enquanto os kiwis crescem aos pares...

 

 

 

 

À luz de um dos girassóis..

 

 

 

 

 

Diário de Avanca (7)

Sábado 28 de Julho

 

Competição nº 08

 

Estátua de Carlos Silva e A. Valente | Portugal

Zimmer 606 de Peter Volkart | Suiça

Nós na Rua de Luís Margalhau | Portugal

 

Competição nº 09

 

50 pesos argentinos de Bernardo Cabral | Portugal

The forest is red de David jakubovic | EUA

Diário de Avanca (6)

Sexta-feira 27 de Julho


Competição nº 06 (mais brevemente)

 

A luz da Terra Antiga de Luís Oliveira Santos | Portugal

Something good out of life de Dan Pita | Roménia

 

 

Competição nº 07

 

A Parideira de José Miguel Moreira | Portugal

Onirika de Ricardo Jabardo | EUA, Venezuela

O milagre de Francisco Lança | Portugal

Guardar silêncio de Pedro Palma | Portugal

Diário de Avanca 2012 (5)

Sexta-feira 27

 

Uma visita à reserva natural de São Jacinto.

 

Competição nº 05 (mais brevemente)

 

Pão de Ul de Igor Martins, Rosário Costa e Sara Petiz | Portugal

Koffie de Sjaak Rood | Holanda. Curta metragem. Animação.

A praia de Paulo Couto | Portugal. Curta-metragem

Itsihitanantsu de Natalia Ryss | Rússia. Curta-metragem. Animação

Borderline de Dustin Rees | Suiça. Curta-metragem. Animação

Hanset type de Andreas Siadimas | Grécia. Curta-metragem.

Diário de Avanca 2012 (4)

Quinta-feira 26

 

Conferências

(Comentários brevemente)

 

Depois das conferências é preciso descansar o entusiasmo. Os sóis e o Jorge foram até Ovar para provar o pão de ló.

 

Uma cerveja fresca no café da esquina e um encontro inesperado com Amílcar Martins. Acabámos por partilhar conversa à volta de um jantar no restaurante o Moisés dos Leitões. A conversa prolongou-se...

 

Love in the city de Jordan, Cheng Kwan Chi, Fernando Eloy, Mike, Ao leong Weng-Fong, Tou Kin Hong, Maria Elisabeta Larrea y Eusébio, Harriet e Wong Teng Teng | Macau, China. Longa metragem.

 

Uma série de pequenas histórias unidas pela presença de 2 narradores/comentadores/guias (mais brevemente!)

Diário de Avanca 2012 (3)

Quarta-feira 25

 

Check-in na escola Egas Moniz onde prevalece este espaço coberto para as bicicletas:




Abertura do festival de Avanca.

Jantar volante no espaço de turismo rural de Aldeia. Um conjunto de edifícios recuperados. Um jardim com ervas aromáticas: alecrim, lúcia-lima, orégãos...um bosque de bambu, habitat de um conjunto de pardais ou outro tipo de pássaros pequenos (chapins talvez?) que voam e chilreiam em bando.

Encontros inesperados, sorrisos, novos rostos e muitas palavras. A comida desapareceu num instante, mas a conversa perdurou cativante.

No auditório, tradicional discurso de entrega dos prémios e de agradecimentos.


Projecção dos filmes em competição.


Terram - Terra e Mar de Carlos Silva e António Osório | Portugal

Jogo de cores e planos aproximados dos barcos. Uma poética do barco entre sombras de algo que parece entulho. Um percurso entre barcos e passeios (Aveiro?) com um dispositivo pinguim?

 

Hisab de Ezra Wube | Etiópia, EUA

Uma história de animais. Belíssimas imagens-desenhos que suavemente transitam umas para outras.

 

X e Y de João Costa | Portugal

Um trabalho. Um exercício. Belo diálogo sobre a filmagem do filme, do trabalho performativo do actor e e na montagem «vês aqui capucho...aqui sem capucho...» os pequenos detalhes que fazem o filme e o olho sensível e atento do cineasta.

 

15 Bilhões de fatias de Deus de Cláudio Jordão | Portugal

Imagens sintéticas que falam. Lindíssimo diálogo.

Sobre as imagens/formas que evolvem e se envolvem ao ritmo das palavras sinto dificuldades em dizer...talvez algo mais concreto me venha ao lábios das palavras com mais tempo.

Diário de Avanca 2012 (2)

Terça-feira 24


Uma ida à praia do Furadouro a cerca de 5 minutos a pé do campismo. Uma areia branca. Uma água fresca. Ao longe, a bandeira vermelha. Brincámos com as ondas. Uma cerveja e tiras de milho.

Entre Furadouro e Ovar uma avenida arvorada com pistas para ciclistas.

Reconhecimento do local. Avanca, a escola Egas Moniz está aberta num ambiente de preparativos. O auditório perto da igreja, a casa museu Egas Moniz (sim...também!)


Perto de Avanca, a vila de Válega ostenta uma capela inconfundível. Capela Nossa Senhora da Conceição, é o que (salvo erro) está inscrito na tabuleta. é grande para uma capela!


Uma fachada coberta de azulejos (1960), misturando a vida dos santos e a vida dos homens do século XX. Uma visão inédita. No interior, um vitral do altar mor do lado esquerdo representa o benemérito, aquele cujo nome esqueci e que financiou o projecto.


Atrás da igreja uma praceta, onde um grupinho de homens encostaram as bicicletas e conversam silenciosamente, e vários cafés (contei quatro). Entre eles:  o «Sobe e desce».

Entrámos para descobrir um espaço parado na poeira do tempo. Os mais curiosos objectos estão dispostos nas prateleiras. Um Zé povinho e três budas de castigo mesmo por cima de uma fila de botijas de gás.


Uma espécie de salpicão ostenta a dureza imóvel de um tempo indefinido a meio do tecto, quase por cima da máquina de café.





















O Patrão, o Senhor Januário, é o «sobe e desce» por ter uma perna mais curta que a outra. O sobrinho chegou a falar em versos e pelos cotovelos. Uma história de vida contada com datas exactas, pontuada de números. Uma vida trágica cheia de humor e de palavras a tropeçar na vida.


 

Por vezes, pregamos a vida às paredes. Confesso que desta vez fiquei mesmo perplexa com este homem que se chama Januário, mas que se parece com a imagem que nos é dada de um Jesus. Só depois de uma simples explicação é que fiquei um pouco esclarecida. Daqui quase poderíamos ver o salpicão pendurado no tecto...

Diário de Avanca 2012 (1)

Chegámos segunda-feira 23 ao fim da tarde ao parque de campismo do Furadouro. Entre dunas e floresta de pinheiros invadidas por mimosas e eucaliptos. É um campismo de «residentes». Pequenas ruas com roulottes, um pequeno jardim ao gosto do estivantes. Sorrisos ociosos. Leituras à sombra. Crianças de bicicleta. O ressonar do vizinho francês.

Pág. 1/2

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D