Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ARESTAS

ARESTAS

Para 2010

 

Assim

com estrelas deslocadas

dançando

em janelas fechadas

com as cores pingando

do azul

e outras flores vindas

do imaginário

nada de preciso

nada de exacto

é mesmo assim

nem Inferno

nem Paraíso

nem Purgatório

apenas aquilo que é

ao ritmo de uma frase musical

que é a nossa melodia!

 

Boa Festa a tod@s!

Clima - Copenhaga

No Público datado de segunda-feira 7 de Dezembro 2009 - Edição Porto- a primeira página era assim:

 

Ficámos a saber que este editorial foi partilhado por 56 jornais em 44 países...no seguimento do editorial conjunto, na página 38, podemos ler uma coisa que, na verdade, me assustou bastante, isto em termos éticos e naquilo que esperamos sempre dos nossos dirigentes...« Exortamos os representantes dos 192 países reunidos em Copenhaga a não hesitarem, a não caírem em disputas, a não se acusarem mutuamente, mas sim a resgatarem uma oportunidade do maior fracasso político das últimas décadas.» Competência, lucidez, autenticidade, verdade... sublinhei as palavras que me provocaram algum desconforto, enfim...para dizer melhor! Muita indignação! Pois, ficamos com a ideia (real, autentica!) de que os representantes dos nossos países são semelhantes àquela ideia que temos...sabem? Quando se juntam várias crianças com idade inferior a 3 anos com o mesmo brinquedo e o mesmo número do mesmo brinquedo...basta um agarrar um dos brinquedos  e...todos querem o mesmo!

Pergunto-me, qual a credibilidade dos nossos dirigentes?

 

Ainda sobre este assunto, ler o Dossier no Esquerda net 

Leituras BAEZA (1)

 

Ficha AQUI

Continuo com as imagens...


Este livro «es ideológicamente beligerante contra los excesos de simplificación y las alteraciones de los códigos de recepción de los mensajes basados en la manipulación utilitarista de la conciencia» (BAEZA, 2003, 32). Apoiando-se no pensamento de Paul Virilio, em torno da nebulosa que não nos permite distinguir entre a imagem virtual e a imagem real e do desgaste da lógica da representação, para fundamentar a necessidade de estabelecer categorias classificadoras nas imagens da imprensa. Isto no sentido de criar uma atitude crítica e desperta.

(a continuar...)

Pensar o Museu um encontro em Serralves

O tema da primeira noite foi «O QUE PODEMOS ESPERAR DA ARTE NO SÉCULO XXI?». Hal Foster indicou logo que não era vidente...dividiu a sua apresentação em duas partes. A primeira intitulada Os contemporâneos deu-nos as palavras dos outros em torno das múltiplas perguntas que podem ler na imagem...

 

 

A seguir falou dos Precários...

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2005
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2004
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D