Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ARESTAS

ARESTAS

Um pouco de por que terras tenho andado (4)

(HOKUSAI, «A Grande Onda a passar em Kanagawa», c. 1830)

Caro Hokusai

Comecei em Si Menor, procurei um movimento que me lembrasse as ondas na penumbra da aurora. ..

Acabei com um diálogo entre o vento e o mar. Escrevi-te para que me falasses um pouco desta tua Onda.

Esperei sem resposta.

Claude Debussy

Um pouco de por que terras tenho andado (3)

(Francisco de ZURBARÁN, «Limões, Laranjas e uma Rosa», 1633
Norton Simon Museum)
 

 

Diálogo póstumo entre Zurbarán e Cézanne encontrado no Sótão de Rainer Maria Rilke.

 

 

En Fuente de Cantos, uma manhã de Inverno, um gaio raspa a terra húmida.

 

Zurbarán (senta-se numa cadeira): Vou te contar a luz das laranjas e dos limões.

Cézanne: ...

Zurbarán: Digo-te o que emana da escuridão deste mundo.

Cézanne: Como sabes o que está atrás?

Zurbarán: Prova a celebração da rosa na fina chávena onde lábios puros e delicados afloraram

Cézanne: Sim... é Janeiro e a janela está aberta... a dura e límpida luz do Inverno traçou a nitidez dos contornos...mas não vejo o que está ali...

Zurbarán: Onde?

Cézanne: Ali...onde o nosso olhar desaparece atrás da tela, ali onde está o que desconhecemos...

 

Lembrar...

Uma carta de Ghassan Kanafani, escritor palestiniano.


Letter from Gaza by Ghassan Kanafani

Dear Mustafa,

I have now received your letter, in which you tell me that you've done everything necessary to enable me to stay with you in Sacramento. I've also received news that I have been accepted in the department of Civil Engineering in the University of California. I must thank you for everything, my friend. But it'll strike you as rather odd when I proclaim this news to you -- and make no doubt about it, I feel no hesitation at all, in fact I am pretty well positive that I have never seen things so clearly as I do now. No, my friend, I have changed my mind. I won't follow you to "the land where there is greenery, water and lovely faces" as you wrote. No, I'll stay here, and I won't ever leave....MAIS


Noticias de Buenos Aires com Zulma Recchini

Biografias

Nunca houve outrora um tão grande número de pessoas idosas, sobretudo de mulheres, na população mundial, do país, da cidade. Há uns tempos interessada na beleza que surge com o passar dos anos, tirei estas fotografias de mulheres de mais de 60 anos com a intenção de tornar visíveis as rugas que a nossa cultura predominante ocidental tenta de ocultar com insistência. Os seus rostos, os seus pescoços contam-me histórias. Cada marca é fruto de alegria ou de dor, um estado de ira ou de exaltação, de gestos repetidos e emoções no fim da vida.

Comecei pelos pormenores, atraída pela beleza das curvas, abstraindo-as de seus contextos. Assim surgiram dois conjuntos. Um, fragmentos de pescoços que conformam uma série de paisagens abstractas. Outro, recortes de rostos que conservam as suas identidades e expressões. O trabalho adiantado, os retratos impuseram-se com a força das biografias bem contadas.

O meu profundo agradecimento a todas as mulheres que aceitaram generosamente colocar-se diante da minha câmara.

Zulma Recchini

 

Links

ALTER

AMICI

ARGIA

BIBLIOTECAS

EDUCAÇÂO

ITEM SPECTO

VÁRIOS

Sapatos, Figas e Pedras

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D